REGENERAÇÃO NATURAL DE MYRTACEAE EM UMA UNIDADE DE CONSERVAÇÃO URBANA, CURITIBA, PR, BRASIL

Nathália Castanho Vieira, Dayane May

Resumo


Myrtaceae é uma das famílias mais representativas da Floresta Ombrófila Mista. Devido ao grande valor desta família para o ecossistema, é relevante sua regeneração natural. Deste modo, a pesquisa teve por objetivo avaliar a regeneração natural de Myrtaceae em um fragmento florestal urbano, localizado na Reserva Particular do Patrimônio Natural Municipal Airumã, Curitiba, PR. A coleta de dados foi realizada em 20 parcelas de 10 x 10 m dispostas de forma aleatória, onde foram amostrados todos os indivíduos com altura de 0,5 m a 3 m. Foram registrados 447 indivíduos, distribuídos em quatro gêneros e seis espécies. Myrceugenia miersiana e Myrcia hatschbachii proporcionaram os maiores valores de dominância, absoluta e relativa, em decorrência da média dos seus diâmetros. Myrciaria tenella e M. hatschbachii apresentaram altos valores para o índice de valor de importância pela densidade de indivíduos e frequência de distribuição. As espécies que se destacaram por estarem representadas nas duas classes de regeneração (M. tenella e M. hatschbachii) demonstraram que sua taxa de crescimento é predominante sobre a taxa de mortalidade. A quantidade de espécies amostradas no fragmento demonstra a importância das Reservas Particulares do Patrimônio Natural Municipal na conservação da diversidade biológica. 

Palavras-chave


Conservação; Unidade de conservação urbana; Floresta Ombrófila Mista; Mata Atlântica; RPPNM.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v15i1.69648

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.