PERCEPÇÃO ARBORIZAÇÃO URBANA – MORADORES DE REGISTRO, NO ESTADO DE SÃO PAULO

Luis Carlos Ferreira de Almeida, Marcelo Vieira Ferraz, Letícia Gutierrez Cecília

Resumo


O objetivo deste trabalho foi avaliar a percepção dos moradores de Registro-SP sobre a arborização urbana. Foi elaborado um questionário, utilizando-se como base a Escala de Likert, que consiste em uma escala de cinco pontos com um ponto médio para registro de uma situação intermediária ou de nulidade. A pesquisa foi realizada no mês de setembro de 2015, sendo desenvolvida em duas etapas. Na primeira etapa ocorreu a aplicação de 40 questionários a partir dos quais foi possível estimar o tamanho da amostra em 88 questionários para um erro máximo de 10% e 95% de probabilidade, constituindo-se a aplicação dos 48 questionários restantes na segunda etapa da pesquisa. Foram aplicadas estatísticas descritivas e testes de comparação de médias, com análise multivariada de dados, finalizando a partir das variáveis com as maiores correlações com um teste de qui-quadrado para verificar como se dá a relação de dependências entre elas. Concluiu-se que a maioria é a favor do plantio de árvores, sendo contra a sua retirada após o plantio, porém o risco de erro na arborização é alto uma vez que a população foi a responsável pelo plantio das mudas. A maioria percebeu que a cidade é pouco arborizada.


Palavras-chave


Árvores; Floresta urbana; Meio ambiente; Paisagismo; Verde urbano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v14i4.68540

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.