ANÁLISE DE RISCO DE QUEDA DE ÁRVORES: Tilia tomentosa Moench

Ana Luísa Pereira de Carvalho, Danielly Ferreira, Maria Cristina Morais Penas Nabais dos Santos

Resumo


Lidar com os riscos inerentes ao processo de arborização nas cidades é o grande desafio para a gestão do espaço urbano. Com o objetivo de analisar o risco de queda de árvores, foi desenvolvido e aplicado formulário de inspeção visual. Foram realizadas tomografias acústicas como ferramenta complementar de avaliação da condição mecânica da estrutura do tronco de árvores. A coleta de dados é relativa a exemplares vivos da espécie Tilia tomentosa Moench, no Parque Dr. Manuel Braga, em Coimbra/Portugal. Os resultados da inspeção visual subsidiaram a seleção dos exemplares submetidos à tomografia acústica e culminaram na classificação das árvores em termos de risco, sugerindo a necessidade de monitoramento dos ramos das árvores. Os resultados obtidos a partir das tomografias acústicas são coincidentes com estruturas consideradas mecanicamente estáveis, mesmo para aquelas visualmente consideradas condenadas. A inexistência de um banco de dados mundial sobre árvores urbanas e as dificuldades inerentes ao diagnóstico contribuem para aumentar a complexidade da análise de risco de queda de árvores, acentuando a necessidade de viabilizar suporte técnico-científico, para garantir prevenção de danos e adequada tomada de decisão quanto à realização de intervenções nas árvores do ambiente urbano. Espera-se com o presente contribuir para estudos de Tilias.   


Palavras-chave


Parque urbano; Tomografia de árvore; Avaliação do lenho.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v14i3.67272

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.