SENSAÇÃO TÉRMICA EM DIFERENTES CENÁRIOS URBANOS DE CUIABÁ-MT

Karyn Ferreira Antunes Ribeiro, Marcos de Oliveira Valin Jr, Flávia Maria de Moura Santos, Carlo Ralph De Musis, Elio Santos Almeida Júnior, João Basso Marques, Marta Cristina de Jesus Albuquerque Nogueira

Resumo


Em ambientes abertos como praças e parques as diferentes condições térmicas influenciam diretamente na organização e ocupação do espaço urbano e no nível de conforto dos usuários. O objetivo deste estudo foi analisar a sensação térmica em três diferentes cenários urbanos na cidade de Cuiabá-MT, com levantamento de dados meteorológicos e aplicação de questionários para verificar a preferência e percepção térmica nos cenários: sombreamento arbóreo (C1), sombreamento artificial com guarda-sol (C2) e exposto ao sol (C3). Os resultados mostram que as médias das variáveis meteorológicas, temperatura do ar (Ta) e temperatura média radiante (Trm) apresentaram diferenças significativas nos cenários. Ao realizar o cruzamento das respostas de percepção e preferência térmica nos diferentes cenários verificou-se que no C1 ocorreu a maior porcentagem de conforto térmico (77,2%) aos participantes, no C2 em 31% e no C3 ocorreu a menor porcentagem de conforto térmico (5%), logo sendo o cenário com maior desconforto térmico (95%). Portanto, fica explícito de quanto os indivíduos de áreas ao ar livre em Cuiabá-MT se sentem desconfortáveis termicamente, com isso este estudo corrobora com a importância e a influência do sombreamento arbóreo ou artificial nesses ambientes, que contribuem no conforto térmico e proporciona bem-estar aos pedestres.


Palavras-chave


Sombreamento arbóreo; Conforto térmico; Sombreamento artificial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v14i3.66975

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.