DIAGNÓSTICO DA ARBORIZAÇÃO URBANA NO MUNICÍPIO DE TUPARENDI-RS

Natália Motter, Nilvane G. Müller

Resumo


A vegetação em vias públicas caracteriza-se como um dos mais importantes elementos que compõem o ecossistema das cidades e que, pelos benefícios que produz, deveria ser uma preocupação permanente de todo e qualquer planejamento urbano. O presente trabalho buscou caracterizar a arborização dos passeios das vias públicas asfaltadas de Tuparendi - RS, efetuando o levantamento quali-quantitativo das espécies arbóreas e arbustivas, avaliando suas condições fitossanitárias, bem como a adequação ao local de plantio. No inventário, foram verificadas 600 plantas, pertencentes a 25 famílias e 38 espécies, sendo 63,16 % de exóticas. A espécie Nectandra membranacea (Canela) obteve o número mais expressivo de representantes, seguida por Murraya paniculata (Falsa murta), Mangifera indica (Mangueira), Lagerstroemia indica (Extremosa), Caesalpinia peltophoroides (Sibipiruna) e Ligustrum sp (Ligustro) que, juntas, representam 63,83% da arborização da área analisada. De forma geral, a arborização urbana do município foi considerada como sadia, pois 96,17% das árvores apresentavam boas condições fitossanitárias, com poucas árvores apresentando problemas de raiz e com a fiação elétrica.

Palavras-chave


Arborização viária; Fitossanidade; Planejamento urbano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v7i4.66541

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.