CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISE QUALI-QUANTITATIVA DA ARBORIZAÇÃO EM PRAÇAS DA ÁREA CENTRAL DA CIDADE DE ARAPIRACA, AL

Rosineide Nascimento da Silva

Resumo


Nas cidades, a arborização se apresenta como uma importante problemática4 Palavras-chave: Árvores urbanas; Espaços públicos; Fitossanidade; Planejamento urbano ambiental relacionada com o conforto humano e questões de responsabilidade ambiental, por exemplo. Este estudo caracterizou e analisou a arborização das três principais praças do centro da cidade de Arapiraca, Alagoas, observando as espécies que ocorrem, a quantidade de árvores e sua fitossanidade. Foram realizadas visitas de campo; aplicação de formulário quali-quantitativo; coleta de material; preenchimento de ficha de coleta e produção fotográfica. Das 65 árvores contabilizadas, as espécies mais frequentes foram Pachira aquatica Aubl., Erythrina indica Lam. e Schinus terebinthifolia Raddi. As famílias mais frequentes foram Malvaceae (27,7%), Fabaceae (26,2%) e Arecaceae (15,4%). As árvores foram consideradas, fitossanitariamente, insatisfatórias devido à fitopatógenos, sofrem com a prática de podas, conflitam com equipamentos urbanos e são alvos de injúrias/agressões mecânicas. Espera-se que tais resultados possam orientar as políticas públicas na criação de um Plano de Manejo da Arborização em Arapiraca

Palavras-chave


: Árvores urbanas; Espaços públicos; Fitossanidade; Planejamento urbano ambiental

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v7i2.66526

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.