ESPAÇOS LIVRES NA ÁREA URBANA DE PARANAGUÁ (PARANÁ, BRASIL)

Emerson Luis Tonetti, João Carlos Nucci, Simone Valaski

Resumo


A existência de Espaços de Uso Público e Livres de Edificação é um fator de enorme importância para a qualidade ambiental urbana. É muito difícil desenvolver um índice ideal para os espaços livres, sugere-se, portanto, a comparação entre diferentes locais, visando, no mínimo, uma reflexão acerca da questão. Por meio de trabalho de campo, os espaços de uso público e livres de edificações da área urbana do município de Paranaguá, foram identificados e posteriormente mapeados em escala 1:15.000 por meio do software AutoCAD. Os resultados encontrados foram: 1,33% da área total ocupados por espaços de uso público e livres de edificações e 3m² de espaços livres por habitante. Os espaços livres se encontram isolados e mal distribuídos, apresentando várias barreiras de acesso. Os resultados foram comparados com outros locais no Brasil e com algumas cidades alemãs. Concluiu-se que há um déficit de espaços livres na área e que a situação deve piorar devido ao adensamento urbano proposto pelo atual Plano Diretor do município.

Palavras-chave


Qualidade Ambiental Urbana; Espaços Livres de Edificação; Planejamento da Paisagem; Ecologia Urbana

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v7i2.66520

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.