PERCEPÇÃO DOS MORADORES E AVALIAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO EM BAIRROS PERIFÉRICOS NA CIDADE DE LAGES, SC

Aline Gross, Priscilla Dors, Karoline Andrade de Campos, Ana Carolina da Silva, Pedro Higuchi

Resumo


Este estudo objetivou avaliar a percepção dos moradores em relação à arborização de três bairros localizados na região periférica da cidade de Lages, SC, e quantificar e qualificar a arborização nestes bairros. Para isso, foram amostradas ruas nestes bairros (28,6% das ruas do Caravágio, 24,1% do Gethal e 25,0% da Penha) nas quais foram sorteadas residências onde foram aplicados questionários com perguntas objetivas e dissertativas, com intuito de avaliar a percepção da arborização urbana pelos moradores. Nas ruas sorteadas também foi feita a avaliação da arborização, identificando, mensurando e avaliando os indivíduos arbóreos encontrados. Em geral, a percepção que os moradores dos três bairros avaliados têm sobre a arborização urbana é que esta é pouca à razoável. Apesar dos moradores reconhecerem algumas desvantagens da arborização, estes reconhecem sua importância sobre o bem-estar e estão insatisfeitos com a atuação do Poder Público Municipal, sugerindo maior investimento no lazer. Na avaliação da arborização foi encontrada baixa riqueza de espécies e uma ampla utilização de espécies exóticas, principalmente de Ligustrum lucidum W.T. Aiton., espécie invasora de áreas naturais. É necessária a melhoria da arborização urbana tanto na quantidade como na qualidade, priorizando a utilização de espécies nativas da região

Palavras-chave


Arborização urbana; Ligustrum lucidum; Riqueza de espécies

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v7i2.66518

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.