AVALIAÇÃO DA PERCEPÇÃO DA ARBORIZAÇÃO URBANA EM FORTALEZA

Carlos Germano Ferreira Costa, Ricardo Figueiredo Bezerra, George Satander Sa Freire

Resumo


O presente estudo objetivou avaliar a percepção dos alunos de graduação da Universidade Federal do Ceará (UFC), que frequentam o campus do Pici, com relação à Arborização Urbana existente na cidade de Fortaleza em comparação com a área da UFC, bem como os benefícios e prejuízos que esta arborização traz. Para tanto foi aplicado um questionário a 274 estudantes. Os resultados obtidos mostram o perfil da percepção da Arborização Urbana desses alunos, sendo a análise feita a partir das variáveis gênero, idade, curso e bairro de moradia. Os resultados apontam que, na percepção da maioria o nível da arborização de Fortaleza e do local de residência é considerado regular, em contrapartida o nível da arborização do campus do Pici é considerado de bom a muito bom. Foram aplicados testes estatísticos (qui-quadrado) aos dados sendo observado alguns resultados significantes entre o curso e o nível percebido da arborização.

Palavras-chave


Áreas Verdes Urbanas; Educação Ambiental; Percepção Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v8i4.66505

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.