EMERGÊNCIA DE ACACIA FARNESIANA (L.) Willd. (FABACEAE) E POUTERIA RAMIFLORA Radlk. (SAPOTACEAE) EM DIFERENTES SUBSTRATOS

Fábio Gomes de Oliveira, Mário Augusto Gonçalves Jardim

Resumo


A propagação vegetativa de espécies arbóreas de restinga pode ser uma alternativa para a restauração ambiental e o paisagismo. O objetivo desta pesquisa foi verificar a influência de diferentes substratos no tempo de emergência das espécies. O experimento foi em blocos casualizados com quatro tratamentos e quatro repetições abrangendo 1.600 sementes para A. farnesiana e 208 sementes de P. ramiflora, sendo, T1- terra preta, T2- areia, T3- terra preta (50%) + areia (50%) e T4- vermiculita alocados em bancada suspensa com temperatura ambiente e com tempo de avaliação de 47 dias para A. farnesiana e 114 dias para P. ramiflora. A vermiculita proporcionou o maior número de plantas emergidas em menor tempo para as duas espécies por apresentar boa estrutura e elevada capacidade de retenção de água.

Palavras-chave


Propagação Sexuada, Restauração Ambiental, Áreas Litorâneas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v8i4.66443

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.