LEVANTAMENTO QUALI – QUANTITATIVO DA ARBORIZAÇÃO URBANA DO DISTRITO DE RAFAEL ARRUDA, SOBRAL, CE

Leiriane Moura de Sousa, Marlene Feliciano Figueirêdo, Petrônio Emanuel Timbó Braga

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo reconhecer o cultivo das espécies exóticas, fazer um levantamento qualiquantitativo e um fitossanitário da arborização do Distrito de Rafael Arruda, CE, a fim de nortear sua reestruturação e verificar a qualidade da vegetação. O trabalho foi realizado no Distrito de Rafael Arruda, 45 km da sede Sobral, Ce no período de fevereiro a novembro de 2012. Foram analisados 1.546 indivíduos arbóreos pertencentes a 32 espécies distribuídas em 15 famílias. Foi verificado que Fabaceae apresentou maior diversidade florística com 38%, das espécies encontradas, seguida de Anacardiaceae com 13%. Foram registrados 72% de espécies exóticas e 28% de nativas. Considerando o estado físico e fitossanitário dos espécimes foi constatado que 73,54% das mesmas se apresentaram em bom estado, 22% apresentaram ataques brandos de pragas e 3,82% foram incluídas na condição ruim. Quanto aos insetos, foram identificados as seguintes ordens Thysanoptera, Hemiptera, Hymenoptera, coleóptera e Homoptera, sendo que os insetos que causaram mais danos as árvores na estação inverno são da ordem Thysanoptera, enquanto no verão foi a Homoptera, atacando mais as espécies exóticas. A arborização do Distrito caracteriza-se pela alta frequência de espécies exóticas, podas emergenciais e baixas diversidades florística.

Palavras-chave


Manejo; Espécies exóticas; Fitossanidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v8i3.66442

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.