CADASTRO MUNICIPAL DE ESPAÇOS LIVRES URBANOS DE RIBEIRÃO PRETO (SP): ACESSO PÚBLICO, ÍNDICES E BASE PARA NOVOS INSTRUMENTOS E MECANISMOS DE GESTÃO

Perci Guzzo, Regina Maria Alves Carneiro, Hamilton Oliveira Júnior

Resumo


Os espaços livres urbanos públicos e potencialmente coletivos de Ribeirão Preto(SP) correspondem a aproximadamente 11,5% da área urbanizada do município, totalizando 16.083.927,77 m2 ou 1.608 hectares. Considerando os espaços livres essencialmente públicos, ou seja, aqueles sem restrições de acesso à população, bem como a condição de implantado ou urbanizado, obtêm-se um índice de 4,4 m2 /hab. O Cadastro Municipal de Espaços Livres Urbanos de Ribeirão Preto foi organizado com o objetivo de sistematizar as informações existentes no âmbito da Prefeitura Municipal em relação à quantidade, localização, tamanho e nível de implantação desses espaços na cidade e sub-distrito. Os resultados do trabalho têm se prestado a consultas constantes, quer de caráter técnico-científico ou técnico-administrativo, e serviram de base para o levantamento de custos de implantação e de manutenção de áreas verdes públicas. Trata-se, portanto, de importante instrumento urbanístico e de planejamento municipal.

Palavras-chave


Espaços livres, Áreas verdes públicas, Planejamento urbano.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v1i1.66437

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.