FENOLOGIA DE ESPÉCIES ARBÓREAS EM REGIÃO URBANA, TAUBATÉ, SP

Claudia Helena Vitor dos Santos, Simey Thury Vieira Fisch

Resumo


O objetivo deste estudo foi caracterizar os eventos fenológicos de espécies arbóreas em praças e parques urbanos da cidade de Taubaté-SP. Foram mensalmente acompanhadas as espécies arbóreas pata-de-vaca (Bauhinia longifolia), paubrasil (Caesalpinia echinata), sibipiruna (Caesalpinia peltophoroides), paineira rosa (Ceiba speciosa), ipê-roxo (Handroanthus impetiginosus), ipê-amarelo (Handroanthus ochraceus), jasmim-manga (Plumeria rubra), ipê-de-jardim (Tecoma stans), quaresmeira (Tibouchina granulosa) e pau-formiga (Triplaris americana), contando com 240 indivíduos. O método aplicado para a análise das observações foi o índice de atividade. Na avaliação da relação entre os elementos climáticos e as fenofases foram estabelecidas as correlações de Spearman, as quais foram realizadas através do programa BioEstat 5.0. Os resultados demonstraram que a queda de folhas entre os indivíduos prevaleceu no período da estação seca e o brotamento foliar na estação chuvosa. A floração apresentou maior índice de atividade no início da estação seca e início da estação chuvosa. A estação seca e início da estação chuvosa foi o período com o maior número de indivíduos com frutos, porém esta fenofase ocorreu ao longo de todo ano entre as espécies Tecoma stans e Tibouchina granulosa. Constatou-se que, a precipitação e a temperatura exercem significativa influência sobre o comportamento fenológico vegetativo e reprodutivo das espécies arbóreas.

Palavras-chave


Arborização urbana; eventos fenológicos; dados ambientais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v8i3.66431

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.