AVALIAÇÃO QUALITATIVA DAS ESPÉCIES ARBÓREAS DO PARQUE ANTÔNIO PIRES DE CAMPOS EM CUIABÁ-MT

Gustavo Henrique da Guia, Joana Maria Ferreira Albretch, Thelma Shirlen Soares, Miranda Titon

Resumo


Este estudo teve por objetivo realizar a avaliação qualitativa da arborização do Parque Antônio Pires de Campos em Cuiabá-MT. Realizou-se o levantamento identificando as espécies em toda a extensão do Parque e analisando os parâmetros altura, qualidade da copa, caule e raiz, presença de pragas e danos físicos. Foram amostrados 1502 indivíduos, representando 50 espécies e 26 famílias. Verificou-se que o Parque é composto principalmente por espécies nativas (92%) sendo que as espécies em maior número de indivíduos são: gonçaleiro (Astronium fraxinifolium), farinheira (Albizia hasslerii) e o louro (Cordia glabrata). Em relação ao estado fitossanitário, 61,26% do total das árvores apresentaram-se como íntegras, ou seja, possuíam características típicas da espécie e em pleno vigor de desenvolvimento.

Palavras-chave


Árvores urbanas; arborização de parques.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v3i3.66362

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.