ESTUDO DOS ESPAÇOS LIVRES DO BAIRRO SANTA CECÍLIA, EM PIRACICABA, SP.

Henrique Sundfeld Barbin, Giuliana Del Nero Velasco, Ivan André Alvarez, Ana Maria Liner Pereira Lima

Resumo


A necessidade de se obter parâmetros ambientais para subsídio do planejamento urbano vem crescendo. Um deles é o cálculo de índices que possam demonstrar como um determinado local se apresenta em relação às questões ambientais e sociais. São propostos três índices: Índice de Espaços Livres de Uso Público (IELUP), Índice de Cobertura Vegetal em Área Urbana (ICVAU) e Índice de Verde por Habitante (IVH). O Bairro Santa Cecília, no Município de Piracicaba, São Paulo, foi selecionado, por apresentar uma diversidade de características urbanísticas. Utilizando-se de fotografias aéreas, planta baixa do bairro e o software AutoCad 2000, realizou-se o cálculo dos três índices. O IELUP encontrado foi de 4,71 m2 /hab, número considerado baixo quando comparado a outras áreas já mensuradas, e ainda, nota-se a existência de vários vazios urbanos que, quando ocupados, aumentará a população, diminuindo ainda mais este valor. Para o ICVAU, que foi elevado (65,75%), o quadro já é diferente, pois, existem na área muitas chácaras e um alojamento com grande área vegetada que, mesmo com a ocupação dos citados vazios, não abaixará na mesma proporção. Com relação ao IVH, de 263,90 m2 /hab, os comentários seguem o ICVAU, pois está diretamente relacionado à população.

Palavras-chave


espaço livre, arborização urbana, área verde, sistema de lazer, índice

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v3i3.66360

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.