USO DE CENAS VIDEOGRÁFICAS PARA AVALIAÇÃO DA FLORESTA URBANA

Francisco Martins de Almeida Rollo, Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Hilton Thadeu Zarate do Couto, Jefferson Lordello Polizel

Resumo


A videografia multiespectral de alta resolução é uma ferramenta de extrema importância dentro de projetos de sensoriamento remoto. Estudos recentes mostraram resultados satisfatórios para sua utilização em estudos sobre o tecido urbano e florestas urbanas, validando sua utilização em projetos de planejamento urbano. Como o tecido urbano está em constante mudança, novos inventários precisam ser conduzidos para a atualização dos dados. Este trabalho mediu a confiabilidade dos dados gerados por classificação supervisionada de cenas videográficas de diferentes bairros de Piracicaba – SP, comparando os resultados obtidos com a classificação supervisionada da área total desses mesmos bairros. Os resultados estatísticos provaram que o uso de cenas videográficas para a realização de classificação supervisionada é válido, possibilitando a realização de estudos de baixo custo de maneira rápida e eficiente.

Palavras-chave


sensoriamento remoto, videografia aérea multiespectral, floresta urbana, processamento de imagens, cenas videográficas.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v2i3.66329

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.