COMPOSIÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DA ARBORIZAÇÃO VIÁRIA DA ESTÂNCIA DE ÁGUAS DE SÃO PEDRO-SP

Silvana Bortoleto, Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Vinícius Castro Souza, Marcelo Antonio de Pinho Ferreira, Jefferson Lordello Polizel, Roberval de Cássia Salvador Ribeiro

Resumo


O presente trabalho é referente ao levantamento das espécies contidas na arborização viária da Estância de Águas de São Pedro-SP e sua distribuição. Para isso, foram inventariados todos os indivíduos ocorrentes nas vias públicas; o que totalizou 3.654 indivíduos. Destes, 70,85% são árvores, 19,90% arbustos, 6,05% palmeiras e 3,20% coníferas; perfazendo 161 espécies, 126 gêneros e 54 famílias; sendo 61,33% das espécies exóticas e 38,67% nativas. O índice de diversidade de Odum (d) calculado é de 19,50 e o índice de Shanon-Wiener (H) é de 3,90. Na Estância de Águas de São Pedro encontrou-se uma predominância da Caesalpinia pluviosa (sibipiruna) que representa 13,66% da arborização viária. A densidade média de indivíduos por quilômetro de rua percorrida é de 130. Conclui-se que a diversidade da arborização viária da Estância de Águas de São Pedro deve ser incrementada, o uso da flora nativa deve ser incentivado e a tendência de plantio de espécies arbustivas deve ser revertida; visando a sustentabilidade dessa arborização e consequentemente os benefícios ambientais proporcionados a população.

Palavras-chave


Árvores, Inventário, Urbanização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v2i3.66327

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.