ÁRVORES MATRIZES DE Tabebuia pentaphyla (L.) Hemsl. (Ipê de El Salvador) E Caesalpinia pluviosa DC. (Sibipiruna) EM ÁREA URBANA, SELECIONADAS POR MEIO DE ÍNDICE DE IMPORTÂNCIA

Marcio Amaral Yamamoto, Graciela Rocha Sobierajski, Demóstenes Ferreira da Silva Filho, Hilton Thadeu Zarate do Couto

Resumo


O presente trabalho utilizou conceitos de conservação genética de espécies arbóreas e índice de importância em sistema de banco de dados para avaliar a seleção de matrizes urbanas e conservação genética de indivíduos adaptados ao meio urbano. Duas espécies foram estudadas (Caesalpinia pluviosa DC. e Tabebuia pentaphylla (L.) Hemsl.) pois apresentaram a freqüência mínima para que pudessem ser determinadas as árvores matrizes. Concluiu-se que serão necessárias 50 sementes de cada uma das 50 matrizes para a conservação da diversidade genética presente. As matrizes foram locadas em um mapa do bairro e foram definidos os trajetos de coleta de sementes. Os resultados do estudo de caso mostraram a possibilidade do procedimento de conservação em curto prazo no manejo da floresta urbana.

Palavras-chave


Silvicultura urbana, seleção de árvores, sustentabilidade florestal

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v2i3.66325

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.