AVALIAÇÃO QUALI-QUANTITATIVA DA ARBORIZAÇÃO DAS PRAÇAS DO BAIRRO JARAGUÁ, UBERLÂNDIA – MG.

Tiago Martins Rezende, Douglas Gomes dos Santos

Resumo


A arborização das praças do bairro Jaraguá foi analisada quali-quantitativamente utilizandose levantamento arbóreo, análise da altura e condições físico sanitárias. Foi observada a presença de flores e frutos para constatar a capacidade de atração e manutenção da fauna local. Foram encontrados 196 indivíduos distribuídos em 21 espécies (11 nativas e 10 exóticas). As cinco espécies mais frequentes representaram 72,94 % do total de plantas levantadas, sendo a espécie Callistemon speciosus (Sims) Sweet. a mais abundante, com 28,57 %. Das espécies, 63,73 % são exóticas e a maioria das nativas se encontra representadas por um, dois e três indivíduos, tornando as praças pouco eficientes na atração e manutenção da fauna local. A altura predominante foi a de médio porte (78 indivíduos). O reduzido número de mudas mostra a falta de participação da comunidade na arborização local. As plantas estão em boas condições (75,17%), porém foram constatados danos físicos por vandalismo e podas inadequadas, indicando a necessidade de um programa de educação ambiental e de um plano diretor para arborização urbana.

Palavras-chave


arborização urbana; espaços livres de construção; qualidade ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v5i2.66275

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.