DIAGNÓSTICO DA ARBORIZAÇÃO DAS VIAS PÚBLICAS DO MUNICÍPIO DE UCHÔA – SP

Valéria Stranghetti, Zélia Aparecida Valsechi da Silva

Resumo


A paisagem urbana, na grande maioria dos municípios do Estado de São Paulo, não se fundamenta em planejamento que busque harmonia entre os fatores ambientais. A ausência de um planejamento para a arborização urbana da cidade de Uchôa tem trazido sérios problemas para a população e para a administração municipal. O presente trabalho teve como objetivo atender as necessidades dessa localidade e de sua população, oferecendo um diagnóstico baseado em um trabalho sistematizado do levantamento da arborização de vias públicas para avaliar as reais condições da área urbana deste município. Uchôa situa-se na região noroeste do Estado de São Paulo. Foram identificadas 67 espécies num total de 2.640 indivíduos arbustivo-arbóreos. As espécies utilizadas na arborização de ruas são pouco diversificadas, sendo a maioria exótica. As mais frequentes são: Licania tomentosa (67,05%), Nectandra megapotamica (7,87%), Ficus benjamina (4,01%) e Bauhinia variegata (2%). A maior parte dos problemas encontrados é decorrente dos plantios voluntários realizados pela população local. Esse resultado demonstra a falta de uma política municipal de arborização urbana para a cidade de Uchôa.

Palavras-chave


inventário, arborização urbana, Licania tomentosa, Uchôa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v5i2.66274

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.