ARBORIZAÇÃO VIÁRIA DO MUNICÍPIO DE COLORADO, RS - BRASIL: ANÁLISE QUALI-QUANTITATIVA

Aline Pazinato Raber, Gisele Sana Rebelato

Resumo


A arborização urbana constitui um elemento de importância para a obtenção de níveis satisfatórios de qualidade de vida, proporcionando conforto aos habitantes das cidades. Considerando a importância de um estudo e de um planejamento que vise atender as necessidades da realidade local em relação à arborização, o presente trabalho objetivou fazer uma avaliação quali-quantitativa da arborização nas ruas e avenida do município de Colorado, RS. A arborização urbana foi analisada qualitativamente e quantitativamente. Encontraram-se 483 indivíduos arbóreos, pertencentes à 45 espécies, sendo Inga marginata a espécie mais freqüente com 21% dos indivíduos. Espécies nativas predominaram na arborização da cidade com 25 espécies representando 51% do total de indivíduos amostrados. Já as exóticas são representadas por 20 diferentes espécies. O Índice de diversidade de Shanonn (H´) foi de 2,95, demonstrando uma diversidade intermediária, considerando as espécies exóticas que entraram na amostra. Quanto à abundância de árvores, foi encontrado para a cidade um número de 43 árvores por quilômetro de calçada, índice que pode ser considerado valor mediano. Contudo, considera-se indispensável o planejamento da arborização urbana e a realização de um plano prevendo espécies, critérios e técnicas adequadas para plantios em diferentes situações.

Palavras-chave


arborização urbana, planejamento, gestão ambiental, paisagismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v5i1.66260

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.