A PERCEPÇÃO DA POPULAÇÃO SOBRE ARBORIZAÇÃO EM UM CONJUNTO HABITACIONAL NO MUNICÍPIO DE PARAGOMINAS-PA

Victor Pereira de Oliveira, Joaquim Gabriel Siqueira Dias, Alaene Teixeira Ribeiro, Luana Bianca da Silva Oliveira, Mariana de Oliveira Mariano, Danielle Silva Pinto

Resumo


Este estudo teve por objetivo gerar um diagnóstico da percepção dos moradores em relação à arborização em um conjunto habitacional em Paragominas, Pará. A metodologia utilizada baseou-se na aplicação de questionários com perguntas objetivas e subjetivas. A aplicação dos questionários foi realizada por meio de amostragem aleatória, baseada na estatística de 10% do número de residências, totalizando 110 entrevistados. Os resultados demonstram que a população necessita de espaços mais arborizados, os quais irão proporcionar maior conforto térmico, sendo relatado como os maiores benefícios a sombra e redução de calor, com 48% e 42%, respectivamente. 8% dos entrevistados consideram que a arborização possui desvantagens, sendo relatada a sujeira nas calçadas, causada principalmente pelas folhas e frutos como a principal. A maioria dos moradores mostraram interesse em participar de projetos de arborização e ressaltaram a necessidade de programas de educação ambiental, principalmente para o cuidado com as mudas. Os moradores escolheram como principal espécie a ser plantada o ipê (Handroanthus spp. Mattos), devido a suas flores vistosas e coloridas. Os moradores mostraram ser conscientes que a prefeitura é a responsável por projetos de arborização, bem como que o vandalismo é uma das causas que mais prejudica a falta de árvores no conjunto. 



Palavras-chave


Percepção; Conforto térmico; Arborização; Educação ambiental; Vandalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i3.63560

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.