CARACTERIZAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO URBANA NO BAIRRO CENTRO DO MUNICÍPIO DE IBITINGA/SP

William Batista Gonçalves, Dorival José Coral, Marcos Vinicius Bohrer Monteiro Siqueira

Resumo


Na tentativa de minimizar os impactos gerados pela intensiva urbanização tornou-se comum a prática da arborização urbana, a fim de harmonizar esteticamente o ambiente das cidades. Este trabalho teve por objetivo avaliar os espécimes utilizados na arborização das ruas no bairro Centro do município de Ibitinga/SP. Para isto, foram realizados levantamentos quali-quantitativos em duas avenidas e 12 ruas, perfazendo uma área de 27 quarteirões. Foram amostrados 242 indivíduos, distribuídos em 22 espécies e 15 famílias botânicas. A maioria das espécies presente é exótica (63,64%) e as mais frequentes são Ligustrum lucidum (45,04%) e Licania tomentosa (26,45%). Os resultados apontam baixos valores de diversidade, elevados índices de pragas e alto registro de conflitos com a rede aérea. Verifica-se a necessidade de uma arborização mais diversificada bem como a seleção de espécies através de critérios técnicos na região estudada.


Palavras-chave


Áreas verdes; Espécie exótica; Levantamento quali-quantitativo; Ligustrum lucidum

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i3.63537

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.