CLASSIFICAÇÃO DOS COMPONENTES DA PAISAGEM DE CURITIBA - PR COM A FERRAMENTA COLECT EARTH

Tatiane Lima Ho, Gonzalo Javier Olivares Flores, Daniela Biondi

Resumo


O processo crescente de urbanização das cidades gera pressões e ameaças à floresta urbana e degradação ambiental. Uma forma de avaliar a influência da urbanização é a realização de um estudo da paisagem, para quantificar os componentes urbanos, tais como a floresta urbana, área construída, malha viária e água. Este trabalho teve como objetivo classificar os componentes da paisagem urbana para o município de Curitiba, PR e suas regionais administrativas, nos anos de 2006 e 2016, com o uso da ferramenta Collect Earth, identificar mudanças na paisagem e também os índices espaciais de floresta urbana (IEFU). Foi possível constatar uma conversão de 6% da componente floresta urbana para área construída no período, enquanto os componentes água e malha viária permaneceram estáveis. Dentre as regionais que obtiveram maior mudança na paisagem, a da Cidade Industrial de Curitiba foi aquela que obteve o maior percentual (2%). Quanto ao índice espacial de floresta urbana, foi possível calcular um total de 113,80 m²/habitante e a regional que apresentou o maior índice foi Tatuquara (324,72 m²/habitante). Conclui-se que foi possível caracterizar os componentes da paisagem com o método proposto (erro amostral menor que 0,09), pode ser uma alternativa para classificar os componentes da paisagem urbana e identificar IEFU de uma região.


Palavras-chave


Cobertura vegetal; Áreas verdes; Open foris

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i2.63533

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.