ESTUDO DA PERCEPÇÃO AMBIENTAL SOBRE ARBORIZAÇÃO URBANA NO BAIRRO FONTE BOA, TEFÉ-AMAZONAS, BRASIL

Lizane Paula Santos de Souza Maia, Eudivane Dutra de Oliveira, Miely Oliveira dos Santos, Wilsandrei Cella

Resumo


A arborização urbana proporciona vários benefícios que são decisivos na qualidade de vida da população. No entanto, caso essa atividade não seja realizada de forma planejada, pode causar diversos entraves para a sociedade. Os estudos sobre a percepção ambiental sobre a arborização urbana são indispensáveis para a compreensão da relação do homem com o ambiente no qual está inserido. Objetivou-se avaliar o nível de percepção dos moradores do bairro Fonte Boa no município de Tefé-Amazonas, sobre a sua arborização. A metodologia utilizada fundamentou-se em entrevistas com questionário contendo perguntas objetivas e abertas, o qual foi realizado de forma aleatória nas 12 ruas do referido bairro, totalizando 120 entrevistas. Os resultados indicaram que 77,5% dos entrevistados não possuem conhecimentos aprofundados do conceito de "arborização urbana". Todavia, reconhecem suas vantagens, no qual 42,1% citaram principalmente a sombra como benefício. Em relação as desvantagens, 59,9% notam pontos negativos. Referente ao responsável pela arborização urbana, 51,7% dos participantes atribuíram a responsabilidade aos próprios moradores, o que pode ser um fato negativo. Conclui-se que há necessidade em elaborar e executar programas de educação ambiental, bem como implementar projeto de arborização local.


Palavras-chave


Árvores; Educação ambiental; Amazônia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i2.63526

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.