PERCEPÇÃO DA PAISAGEM POR ESTUDANTES DE ESCOLAS DE IRATI – PR

Mariângela Ceschim Iurk, Daniela Biondi, Fernando Luís Dlugosz

Resumo


Envolvendo estudantes de duas escolas estaduais do município de Irati, realizou-se uma pesquisa com o objetivo de verificar a percepção sobre a paisagem e os elementos que compõe quatro ambientes do município, relacionando com a sua concepção de meio ambiente. Para isso, foram utilizados substitutos de paisagem (fotografias) de pontos turísticos conhecidos da área urbana e rural, quantificado os elementos componentes das mesmas através de análise visual, além de questionários, onde realizou-se pré e pós-testes.  Os dados foram analisados através do teste não-paramétrico Wilcoxon, teste do Qui-quadrado e comparação do porcentual obtido. Os resultados do teste Wilcoxon comprovaram que, com relação ao total das séries analisadas, a diferença entre o pré e pós-testes para 34,61% das perguntas realizadas foi altamente significativa ou significativa. Na realização do teste de Qui-quadrado para a verificação se houve diferença de resultados entre as escolas, obteve-se como resultado o valor de P=0,344, onde os desvios não são significativos. Conclui-se, portanto, que a escola é um bom espaço para o aluno apropriar-se de conteúdos sobre a paisagem e contextualizá-los dentro de uma visão ambiental, entrelaçando com a sua vivência, modificando assim a realidade presente e futura.


Palavras-chave


Educação ambiental; Fotografias; Análise da paisagem

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i1.63519

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.