ARBORIZAÇÃO DA AVENIDA JERÔNIMO ROSADO NO MUNICÍPIO DE BARAÚNA - RN, BRASIL

Marina Beatriz Silva Bezerra, Vinícius Gomes Castro, Rejane Tavares Botrel

Resumo


O objetivo deste trabalho foi realizar uma avaliação quali-quantitativa da arborização da principal avenida de Baraúna, município de pequeno porte localizado na mesorregião do oeste do Rio Grande do Norte, inserido no bioma caatinga. Para a coleta dos dados foram percorridos aproximadamente 1,7 km,entre os meses de agosto e novembro de 2016. Na via analisada, foram encontrados 408 indivíduos arbóreos, dentre os quais houve a predominância de espécies exóticas (87,5%), sendo Azadirachta indica A. Juss. (68,4%) e Ficus benjamina L. (13,2%) as espécies mais frequentes. Dentre as espécies nativas do bioma caatinga a mais abundante foi Handroanthus caraiba (Mart.) Matto (1,7%). Observou-se a ocorrência de problemas de caráter cultural relacionados ao manejo da arborização, como poda topiaria em 64,8% dos indivíduos, bem como a prática excessiva de caiação, em 96,9% dos indivíduos. Recomenda-se a realização de trabalhos de educação ambiental junto à população voltados para a conscientização da importância do uso de espécies nativas no ambiente urbano, assim como do estresse causado às árvores por práticas de poda topiária e caiação.


Palavras-chave


Arborização urbana; Tipos de poda; Avaliação quali-quantitativa.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i1.63516

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.