FATORES QUE INFLUENCIAM A FAUNA DE FORMIGAS QUE FORRAGEIA SOBRE Bauhinia monandra KURZ. (LEGUMINOSAE: CAESALPINIOIDEAE) EM ÁREA URBANA

Wésley Altino Flores, Erika Cortines, Ângela Alves de Almeida, André Barbosa Vargas, Fábio Souto Almeida

Resumo


Os fatores que influenciam a fauna de formigas que forrageia sobre Bauhinia monandra Kurz. (Leguminosae: Caesalpinioideae) foram avaliados em área urbana no município de Três Rios, Estado do Rio de Janeiro, Brasil. As formigas foram coletadas com armadilhas arbóreas distribuídas em 15 indivíduos de B. monandra, realizando-se uma coleta no período de floração e outra no período sem flores. Foram obtidas 20 espécies de formigas, pertencentes a 11 gêneros e cinco subfamílias. A riqueza de espécies foi significativamente maior no período de floração (16 espécies) que no período sem flores (11 espécies). O Índice de Diversidade de Shannon também foi significativamente maior no período de floração (2,28) que no período sem flores (1,81). A composição da mirmecofauna variou expressivamente entre as duas épocas de coleta. O diâmetro da copa das árvores, a circunferência do tronco a altura do peito e o número de flores explicaram conjuntamente mais de 56% da variação da riqueza de espécies de formigas, por árvore. Neste sentido, a floração de B. monandra pode proporcionar recursos adicionais para a mirmecofauna. Além disso, os resultados demonstram que preservar as árvores mais antigas da arborização urbana e evitar podas desnecessárias podem propiciar a presença de uma maior gama de espécies de formigas sobre as árvores.


Palavras-chave


Arborização; Biodiversidade; Conservação; Formicidae; Urbanização.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i2.63509

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.