ARBORIZAÇÃO NA CIDADE DE SANTA HELENA NA PARAÍBA: A PERCEPÇÃO DOS SEUS MUNÍCIPES

Danilo Brito Novais, Patrícia Carneiro Souto, Roberto Ferreira Barroso, Jorge Danilo Zea Camaño, Vinnícius Staynne Gomes Ferreira

Resumo


A arborização urbana é um elemento estrutural das cidades que contribui com o bem-estar da população. O estudo objetivou realizar o diagnóstico e percepção dos moradores sobre a arborização urbana da cidade de Santa Helena – PB. Foram aplicados 150 questionários semiestruturados contendo 14 perguntas objetivas com o intuito de conhecer o perfil e a opinião da população. Os resultados revelam que 56% do total de entrevistados conseguiram explicar o conceito de arborização urbana, 97% gostam de árvores no entorno de suas residências por conta dos serviços ecossistêmicos que elas fornecem, principalmente sombra (86%); a maioria deles participam do plantio e 10% acham a cidade muito arborizada. Dos entrevistados, 62% atribuíram à população a responsabilidade pelo plantio e manutenção, mas 82% acreditam que as reclamações relacionadas à arborização urbana devem ser encaminhadas à prefeitura. A desvantagem da arborização mais citada foram os problemas nas redes elétricas ou telefônicas (57%). Conclui-se que a maioria da população está ciente da importância da arborização da cidade e reconhece os serviços e desserviços ecossistêmicos que ela fornece, se mostrando disposta a contribuir na sua manutenção. Contudo é necessário a orientação técnica e programas de educação ambiental por parte dos órgãos públicos.


Palavras-chave


Diagnóstico ambiental; Região semiárida; Serviços ecossistêmicos; Silvicultura urbana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v12i1.63496

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.