FLORA ARBÓREA DA ARBORIZAÇÃO URBANA DA CIDADE DE PARANAGUÁ, PARANÁ, BRASIL.

Rodolfo de Almeida Bonaldi, Ionete Hasse

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo registrar as espécies que ocorrem na arborização urbana do município de Paranaguá, comparar dois métodos de distribuição de espécies, sendo um abrangendo fronteiras políticas e o outro critério ecológico, e indicar as espécies exóticas invasoras. A amostragem foi realizada através de saídas de campo, percorrendo ruas, praças e parques, em uma área que corresponde 19% (18 km²) da área urbana da cidade. Os dados de campo foram coletados com auxílio de uma prancheta e caneta, sendo anotado o nome científico de cada espécie. Foram incluídas para o levantamento todas as espécies arbóreas, arbustivas e rizomatosas. As espécies foram classificadas de acordo com distribuição geográfica por fronteiras políticas e por critério ecológico e indicada as espécies exóticas invasoras. Foram registradas 198 espécies, pertencentes a 153 gêneros, enquadradas em 63 famílias. O método para classificação das espécies para distribuição geográfica por fronteira política indicou que 56% são espécies exóticas, e o método por critério ecológico indicou que 78% são espécies exóticas. Do total das 198 espécies registradas, 24 espécies são exóticas invasoras para o estado do Paraná. A cidade de Paranaguá, como inúmeras cidades do Brasil, registrou elevado número de espécies exóticas na arborização urbana.


Palavras-chave


Espécies exóticas; Espécies nativas; Plantas invasoras.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v11i4.63474

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.