GESTÃO DA ARBORIZAÇÃO DE RUAS - ESTUDO DE CASO NA CIDADE DE CURITIBA, PR

Rogério Bobrowski, Daniela Biondi

Resumo


O gerenciamento da arborização de ruas é um processo oneroso e complexo, sendo estrategicamente importante para o órgão público para ofertar e manter o máximo de benefícios com a presença de árvores nos centros urbanos, com redução de custos e de problemas. Este trabalho foi realizado na cidade de Curitiba, com dados provenientes de documentos públicos, de pesquisas realizadas na cidade e de informações obtidas de profissionais da prefeitura municipal. A avaliação da gestão da arborização de ruas foi feita por meio do uso de critérios e indicadores de performance. Verificou-se que o indicador de performance foi igual a 1,0, demonstrando um desempenho mediano de gestão, pois metade dos critérios se enquadraram nas classes "bom" e "ótimo" e o restante nas classes "ruim" e "moderado". Os critérios qualificados como "ótimo" foram "consciência da importância das árvores", "inventário da cobertura de copas", "recursos municipais" e "proteção da arborização". O uso de indicadores de gestão da arborização de ruas mostrou-se uma ferramenta de fácil aplicação, podendo a cidade analisada melhorar o desempenho a partir da realização de estudos complementares, como um programa de monitoramento e um programa de planejamento silvicultural específico para a arborização de ruas.


Palavras-chave


Gerenciamento; Plano diretor; Indicadores; Performance; Qualidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v9i4.63315

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.