ANÁLISE DA TEMPERATURA INTERNA E SUPERFICIAL EM DIFERENTES SOMBREAMENTOS ARBÓREOS

Karyn Ferreira Antunes Ribeiro, Marcos de Oliveira Valin Jr., Flávia Maria de Moura Santos, Marta Cristina de Jesus Albuquerque Nogueira, José de Souza Nogueira, Carlo Ralph de Musis

Resumo


O objetivo deste estudo foi analisar a diferença de temperatura de materiais utilizados em superfícies urbanas, expostos ao sombreamento de duas espécies Mangifera indica L. (mangueira) e Licania tomentosa B. (oiti), tendo como referencial esses mesmos materiais sem nenhum sombreamento, e determinar qual espécie é a mais adequada para arborização da capital Mato-grossense. Foram realizadas medidas de temperaturas internas e superficiais nos seguintes materiais: solo natural, concreto e asfalto. Os resultados indicaram que a espécie arbórea que obteve melhor desempenho térmico nos diferentes materiais foi Mangifera indica. O material que apresentou menores temperaturas nos diferentes sombreamentos foi o solo. A maior variação térmica interna apresentada foi no material asfalto entre os ambientes Mangifera indica e sem sombreamento, às 12:00 horas, com 16,4 °C. Portanto, cabe ressaltar a importância da arborização e da utilização de materiais permeáveis nas cidades para proporcionar melhor conforto térmico aos usuários.

 


Palavras-chave


Arborização urbana; Mangifera indica; Licania tomentosa; Superfícies urbanas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v10i2.63214

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.