CARACTERIZAÇÃO DA ARBORIZAÇÃO URBANA EM TRÊS AMBIENTES NA CIDADE DE MONTES CLAROS, MG

Maria das Dores Magalhães Veloso, Lílian de Lima Braga, Priscyla Maria Silva Rodrigues, Marianna Rodrigues Santos, Weslane Oliveira Miranda, Diego Oliveira Brandão, Yule Roberta Ferreira Nunes

Resumo


A arborização urbana é um fator importante que proporciona um ambiente físico saudável aos centros urbanos. O presente trabalho teve como objetivo inventariar e comparar a diversidade de espécies vegetais utilizadas na arborização de três ambientes na área urbana da cidade de Montes Claros através de levantamento florístico, análise de parâmetros da arborização, da distribuição dos indivíduos e da diversidade através do índice de Shannon (H'). Foi encontrado um total de 1605 indivíduos, pertencentes a 24 famílias botânicas. O bairro Major Prates apresentou maior riqueza, com 46 espécies e maior abundância com 951 indivíduos, seguido do bairro Morada do Parque, com 38 espécies e 486 indivíduos, e das Praças, com 33 espécies e 168 indivíduos. As praças obtiveram maior diversidade (H' = 2,9), maiores indivíduos e maiores copas. Todos os parâmetros analisados diferiram entre os ambientes estudados, exceto para a área livre do passeio e o espaçamento entre os indivíduos. O bairro Major Prates apresentou uma média de raiz exposta maior que o Morada do Parque e também uma menor média de distância que ultrapassa a fiação. Assim, os três ambientes possuem diferenças marcantes em seus padrões de arborização.

 


Palavras-chave


Áreas verdes; Centros urbanos; Diversidade de espécies; Planejamento urbano

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v9i2.63209

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.