PERCEPÇÃO DOS MORADORES SOBRE A ARBORIZAÇÃO DE RUAS DA REGIÃO CENTRAL DE MANDIRITUBA/PR

Tatiane Lima Ho, Bruna Kovalsyki, Kendra Zamproni, Daniela Biondi

Resumo


O estudo da percepção ambiental auxilia na compreensão das inter-relações entre o homem e o ambiente, contribuindo assim na elaboração de melhores medidas de planejamento e manutenção da arborização. Este trabalho teve como objetivo fazer um diagnóstico da percepção dos moradores sobre a arborização urbana na região central de Mandirituba - Paraná. A coleta dos dados sobre a percepção dos moradores e comerciantes locais foi pela aplicação de questionários semiestruturados. Dentre os benefícios da arborização apresentados, 54% indicaram a redução da poluição atmosférica como maior contribuição. Referente aos fatores que interferem no desenvolvimento da árvore no meio urbano, 41% apontaram o vandalismo como principal causa. Com relação a responsabilidade de manutenção da arborização, 66% dos entrevistados acreditam ser em conjunto entre moradores e prefeitura, no entanto 94% dos entrevistados mostraram-se predispostos a cuidar das árvores próximas a sua residência ou comércio. Conclui-se que a população está disposta a auxiliar no desenvolvimento e manutenção das árvores no ambiente urbano. Entretanto, sugere-se que a sensibilização dos moradores, em relação a arborização, deve ser realizada de forma contínua.

 


Palavras-chave


Percepção ambiental; Arborização urbana; Educação ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v10i3.63171

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.