CARACTERIZAÇÃO PAISAGÍSTICA E DA FREQUÊNCIA DE USUÁRIOS DE DUAS PRAÇAS CENTRAIS DE CARAGUATATUBA/SP

Marli Aparecida dos Reis Alcantara, Gisele Herbst Vazquez

Resumo


As praças públicas possuem valor estético e recreativo, amenizam a amplitude térmica, fixam poeira, filtram gases, diminuem o nível de ruídos e ventos, absorvem água, abrigam a fauna e promovem a cultura e a cidadania. O objetivo desta pesquisa foi estudar a evolução histórico-cultural e paisagística das praças Dr. Cândido Mota e Dr. Diógenes Ribeiro de Lima em Caraguatatuba/SP, bem como realizar uma análise quali-quantitativa dos elementos arquitetônicos e da vegetação, além da observação dos usuários, com o intuito de subsidiar futuras adequações. Conclui-se que ambas são importantes em termos históricos, principalmente a praça Dr. Cândido Mota por abrigar diversos patrimônios, enquanto que a Dr. Diógenes Ribeiro de Lima oferece mais opções para a prática de exercícios físicos e recreação infantil, sendo também a mais frequentada por adolescentes, e a primeira, por idosos. A qualidade das estruturas físicas de ambas é regular, com estado de conservação inadequado, necessitando de manutenções, não obstante promoverem o lazer dos usuários, principalmente aos finais de semana, visto que durante a semana, o maior movimento é de adultos em passagem à tarde.


Palavras-chave


Áreas públicas; Áreas verdes; Arborização urbana; Sustentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/revsbau.v10i3.63136

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista da Sociedade Brasileira de Arborização Urbana

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.