O CLIMA EM CIDADE PEQUENA: O SISTEMA TERMODINÂMICO EM JATAÍ (GO)

José Ricardo Rodrigues Rocha, Zilda de Fátima Mariano, Jean Carlos Feltrin, Márcio Rodrigues da Silva

Resumo


O crescimento e a falta de infraestrutura das cidades vêm ocasionando inúmeros impactos negativos para a qualidade do meio urbano, visto que estas áreas são capazes de provocar impactos sobre o clima local, contribuindo de forma negativa ou positiva para a qualidade de vida da população. As transformações que ocorrem no meio natural acabam provocando mudanças, que, por consequência, influenciam os elementos climáticos, ocasionando as ilhas de calor, ou seja, locais que apresentam as maiores temperaturas em áreas urbanizadas em relação às áreas rurais. O objetivo do trabalho foi a análise e comparação das características da temperatura do ar e do conforto térmico na cidade de Jataí, buscando investigar prováveis diferenças nos elementos do clima em condições adversas de uso e ocupação do solo, por meio da abordagem sistêmica do clima urbano (S.C.U), proposta por Monteiro (1976), utilizando o canal termodinâmico. Diante dos resultados, verificou-se que a temperatura efetiva (sensação térmica) das 9 horas ficou entre a zona de conforto térmico, com exceção na estação do inverno, com desconforto ao frio. Já no horário das 15 horas, todos os meses apresentaram desconforto térmico ao calor, exceto os dias 30 de maio e 08 de junho, com desconforto ao frio. No horário das 21 horas, as temperaturas prevaleceram na zona de conforto nas localidades, tanto na mais urbanizada quanto na menos urbanizada.

Palavras-chave


Clima; conforto térmico; termodinâmico; Jataí-GO.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/abclima.v15i0.36901

Direitos autorais

Prezados leitores, informamos que a Revista Brasileira de Climatologia encontra-se disponível no seguinte endereço: https://ojs.ufgd.edu.br/index.php/rbclima