Open Journal Systems

FAMÍLIAS DE CRIANÇAS QUE NECESSITAM DE CUIDADOS ESPECIAIS: O IMPACTO SOBRE A VIDA FAMILIAR

Coleta Rinaldi Althoff, Lauri Iva Renck, Salete Virgínia S. S. Sakae

Resumo


Trata-se de um estudo de natureza qualitativa com o objetivo de identificar o impacto que os problemas de saúde das crianças que necessitam de cuidados especiais têm sobre as famílias. Foram realizadas entrevistas com 16 famílias, das quais oito tinham crianças portadoras de diabetes mellitus e 8 de crianças acometidas por queimaduras. A análise comparativa dos dados revelou que as famílias, ao enfrentarem a situação, reconstroem o modo de viver e se tornam agentes na demanda do cuidado. As famílias manifestam angústia, tristeza, culpa, raiva, medo e expressam preocupação com os cuidados e as conseqüências com o agravamento do problema. Isto implica alterar as rotinas familiares e exercer cuidados especiais com controle e vigilância, aumentando as responsabilidades. As relações familiares se modificam, sendo necessário ajuste nas formas de se relacionar e desenvolver as ações. As famílias procuram se adaptar à nova situação reestruturando valores, alterando papéis e rotinas familiares.


Palavras-chave


família; criança; cuidados especiais; portadores de necessidades especiais; family; child; special care; disable persons; familia; niño; cuidado especial; personas con discapacidad

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/fsd.v7i3.8027