Imagens da liderança de Hugo Chávez em documentários

Gabriela Pandeló Paiva

Resumo


Hugo Chávez governou a Venezuela entre 1998 e 2013, recebendo tanto intenso apoio quanto fortes críticas da população. Sua liderança fora construída em torno de seu carisma e capacidade retórica, sendo sua imagem moldada de acordo com interesses específicos. O objetivo desta pesquisa é analisar como sua imagem enquanto líder da Revolução Bolivariana foi construída. Para cumprir esse objetivo, o material empírico utilizado são os seguintes filmes documentários: “Ao sul da fronteira” (Oliver Stone, 2010), “Meu amigo Hugo” (Oliver Stone, 2014) e “A revolução não será televisionada” (Kim Bartleyl e Donnacha O'Briain, 2003). Os filmes em questão atuam como documentos audiovisuais pró-Chávez cujo registro ficará para a posteridade e, dessa forma, sua análise permitirá registrar os aspectos positivos de seu legado.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/recp.v8i2.56297