Da polarização à busca pelo equilíbrio: as relações entre internet e participação política

Jaqueline Resmini Hansen, Maria Alice Silveira Ferreira

Resumo


Estado e sociedade civil possuem uma relação, muitas vezes, tensionada e conflituosa, porém fundamental no contexto democrático ocidental. Estas por sua vez têm encontrados inúmeros desafios em função dos impactos da popularização do acesso à internet. Este artigo se situa nesta interconexão entre internet e democracia, e objetiva analisar como a literatura sobre participação política têm abordado essa relação apresentando as principais perspectivas teóricas. Assim, mostramos como as perspectivas iniciais eram mais estanques e polarizadas e os movimentos do campo para uma abordagem mais flexível e complexa, que leva em conta que as diversas características individuais, contextuais e da tecnologia em si que importam para pensar o impacto da rede nas atividades políticas off-line, mas, também no surgimento de um ativismo estritamente online. Portanto, a literatura tem considerado que a internet alcançou um papel central para o entendimento do ativismo político, principalmente de protesto, em que atua sobre a sua organização, em suas formas e modalidades, mas por outro lado apresenta empecilhos em relação às possibilidade de controle de dados, privacidade e vigilância.


Palavras-chave


Internet; Democracia; Participação Política

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/recp.v9i1.56124