Autoridade e aparência de religião em Maquiavel

Allan Gabriel Cardoso dos Santos

Resumo


Na obra política de Maquiavel, o poder aparece sempre associado à capacidade de produzir ordenações e, consequentemente, comportamentos coletivos, isto é, tem poder aquele que tem “autoridade” (autorità). O secretário florentino, através da descrição do processo de construção da autoridade pelo aumento da reputação
(O Príncipe, IX, 3), parece delinear uma certa forma de poder que se funda sobre a opinião pública a respeito dos indivíduos e não sobre as leis e ordenações políticas. O reconhecimento da autoridade – a reputação – pode ser interpretado, então, como uma espécie de poder não-jurídico, construído sobre a opinião que os indivíduos têm das ações uns dos outros.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.