Auerbach e a literatura de cada tempo: o romance do século XX no entreguerras

Eduardo Antonio da Silva Lacerda

Resumo


O artigo busca abordar o pensamento de Auerbach quanto ao romance do século XX, especificamente o que ele chama de romance realista. Realismo, representação, historicismo são alguns dos conceitos-chave para a compreensão do pensamento auerbachiano e cuja apresentação serve como abertura do artigo. A seguir há uma investigação das características do romance entreguerras tal como Auerbach o pensa. Finalmente faço a relação entre o projeto filológico e o tratamento que o filólogo dá ao romance do século XX.

Texto completo:

PDF

Referências


AUERBACH, Erich. Mimesis: a representação da realidade na literatura ocidental, in col. Estudos. Trad. Vários tradutores. São Paulo: Editora Perspectiva, 6a. ed. 2013.

__________. Filologia da literatura mundial in Ensaios de literatura ocidental. Filologia e crítica. Tradução Samuel Titan Jr. e José Marcos M. de Machado. São Paulo: Ed. 34, 2007.

BENJAMIN, Walter. Experiência e Pobreza. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 2012. 271 p. (Obras escolhidas, v.1).

__________. O Narrador: considerações sobre a obra de Nikolai Leskov. In: Magia e técnica, arte e política: ensaios sobre literatura e história da cultura. 8. ed. São Paulo: Brasiliense, 2012. 271 p. (Obras escolhidas, v.1).

SAID, E. W. Introdução a Mimesis, de Erich Auerbach, in Humanismo e crítica democrática. Tradução Rosaura Eichengerb. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.

WAISBORT, Leopoldo. A Passagem do Três ao Um. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

__________ "Erich Auerbach e a condição humana", in O pensamento alemão no século XX. São Paulo: Cosac & Naif, 2012.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.