A origem, o empenhar-se e o destino

Gustavo Perlingeiro Beltrame

Resumo


O texto almeja apresentar os rudimentos de uma interpretação dos Pensamentos de Blaise Pascal. Além da descrição do propósito e dos princípios de método de tal interpretação, encontra-se aqui a tentativa de pô-la em prática pela análise de duas questões. As questões em pauta envolvem os temas do pessimismo (tragicidade) na antropologia pascaliana e da relevância do empenho individual – através da conduta – para a finalidade da salvação, tendo no horizonte a noção de pecado original. Perceberemos, a partir da interpretação ensaiada, a incorreção ou insuficiência de uma leitura que dê ênfase ao pessimismo e ao suposto conformismo dos Pensamentos, por não considerar devidamente os três elementos fundamentais à  compreensão do homem: sua origem, sua situação e seu destino.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.