As abordagens de Kojève e de Sartre do conceito hegeliano de reconhecimento

Janaína Silveira Mafra

Resumo


O artigo trata do tema hegeliano do reconhecimento (Anerkennung), que, graças aos cursos de Alexandre Kojève sobre a Fenomenologia do Espírito, ministrados na École des Hautes Études de 1933 a 1939, exerceu um forte impacto no pensamento francês do século XX. São explicitadas nele duas abordagens, uma otimista, a de Kojève, outra critico-construtiva, a de Jean-Paul Sartre.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.