Contribuição para uma crítica marxista da teoria da preferência pela liquidez

Francisco Paulo Cipolla

Resumo


A cooptação acadêmica da obra de Marx é obra, dentre outras coisas,
da persistente tentativa de redução da sua teoria à teoria de Keynes. Este
artigo pretende ser parte de um esforço coletivo de resgatar as especificidades
metodológicas e conceituais da contribuição de Marx face à teoria econômica
em geral e keynesiana em particular.

Palavras-chave


Marx; Keynes; interest rate; money; Marx; Keynes, taxa de juros; dinheiro

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v32i2.7730

Direitos autorais

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | Cite Factor | Diadorim | Dimensions | EZB | Genamics | Google Scholar | Journal 4-free | Latindex | LivRe | Open Air | Periódicos CAPES | ROAD | Socol@r | Sumários | World Wide Science