Desindustrialização relativa no Brasil: um balanço por intensidade tecnológica e setores da indústria de transformação no século XXI

Arthur Osvaldo Colombo, Ednilson Silva Felipe, Daniel Pereira Sampaio

Resumo


Este artigo analisa, à luz das vertentes de pensamento da desindustrialização no Brasil, a possível existência de desindustrialização relativa por intensidade tecnológica e em setores da indústria de transformação. Entende por desindustrialização relativa i) redução do conteúdo nacional pelo conteúdo importado e ii) substituição do produto final nacional pelo produto importado. A partir da análise de dados e indicadores conclui-se que existem sinais de que a presença destes tipos de desindustrialização que afetam as dinâmicas internas e externas e atingem, principalmente, setores de média-alta e alta intensidade tecnológica.


Palavras-chave


Desindustrialização; Indústria de Transformação; Economia Brasileira; Desempenho Setorial

Texto completo:

arquivo


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v42i79.73525

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | BASECite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | OAJI | Open Air | Periódicos CAPES | REDIBROAD | Sherpa Romeo | Socol@r | Sumários | World Wide Science