Uma análise da multidimensionalidade das percepções de justiça em um tipo ideal de economia solidária e nos empreendimentos econômicos solidários do Paraná

Oz Solon Chovghi Iazdi

Resumo


O artigo parte de uma crítica à concepção unidimensional de justiça utilizada pela economia neoclássica para propor a necessidade de se adotar uma abordagem multidimensional desse conceito, incluindo noções distributivas, procedimentais e interacionais. Mostra-se que, em teoria, um tipo ideal de Economia Solidária provê maiores incentivos do que um tipo ideal de Economia Capitalista para a amplificação do senso de igualdade, democracia e solidariedade percebido pelos trabalhadores. Contudo, através da observação de relatos em empreendimentos econômicos solidários do Paraná, evidencia-se que há, ainda, um compartilhamento de valores institucionais que se distanciam do que se espera de uma Economia Solidária ideal.


Palavras-chave


percepções de justiça; economia solidária; democracia; igualdade; instituições

Texto completo:

Arquivo


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v42i77.68471

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | BASECite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | OAJI | Open Air | Periódicos CAPES | REDIBROAD | Sherpa Romeo | Socol@r | Sumários | World Wide Science