INTERAÇÕES ENTRE O BRASIL E A ÍNDIA NO ALVORECER DO SÉCULO 21

Hoyêdo Nunes Lins

Resumo


Integrantes do BRICS, grupo de países ditos emergentes que se destacaram econômica e politicamente na última década, Brasil e Índia foram incorporados pelo capitalismo em diferentes períodos históricos e mantiveram poucas relações entre si durante o século 20. Esse quadro se altera no século 21, em contexto de redefinição da posição internacional da Índia, por razões econômicas e geopolíticas. O comércio bilateral mostra-se crescente, embora permaneça reduzido e com diferenças nas pautas quanto à concentração e ao perfil dos produtos, justificando providências para diversificação. Interações mais intensas ocorrem na cooperação, em Ciência e Tecnologia (C&T), defesa conjunta de interesses em fóruns internacionais e em iniciativas para redução da pobreza e promoção do desenvolvimento. Em C&T, são especialmente férteis e promissoras as interações na grande área da saúde. Cabe postular que neste e em outros âmbitos do diálogo Brasil-Índia muito mais poderia e deveria ser concretizado.   


Palavras-chave


Relações entre Brasil e Índia; Comércio; Cooperação

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v38i66.54103

Direitos autorais 2019 Revista de Economia

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | Cite Factor | Diadorim | Dimensions | EZB | Genamics | Google Scholar | Journal 4-free | Latindex | LivRe | Open Air | Periódicos CAPES | ROAD | Socol@r | Sumários | World Wide Science