DISTRIBUIÇÃO DE RENDA E CRESCIMENTO ECONÔMICO NO BRASIL: UMA ANÁLISE ECONOMÉTRICA DO PERÍODO 1976-2010

Moisés Pais dos Santos, Marina Silva da Cunha, Sérgio Ricardo de Brito Gadelha

Resumo


O modelo brasileiro de crescimento econômico predominante se caracteriza por baixas taxas de crescimento, grau reduzido de dinamismo e intensa desigualdade social. Esta pesquisa se norteia pela seguinte questão: de que forma e em que magnitude a distribuição de renda e o crescimento econômico brasileiro tem se inter-relacionado ao longo do período 1976-2012? O objetivo deste trabalho é estudar as relações de longo prazo entre a distribuição de renda e crescimento econômico no Brasil. Tanto a modelagem VEC quanto os modelos autorregressivos de defasagens distribuídas (ADLs) sugeriram a existência, no sentido de Granger, de bicausalidade da desigualdade para o crescimento e do crescimento para a desigualdade.

Palavras-chave


Crescimento econômico; desigualdade; séries temporais

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v42i1.48763

Direitos autorais 2017 Revista de Economia

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | Cite Factor | Diadorim | Dimensions | EZB | Genamics | Google Scholar | Journal 4-free | Latindex | LivRe | Open Air | Periódicos CAPES | ROAD | Socol@r | Sumários | World Wide Science