O sequestro da produção doméstica no Brasil: uma análise insumo-produto do vazamento de demanda

Marilia Bassetti Marcato, Fernanda Oliveira Ultremare

Resumo


Este artigo analisa os encadeamentos produtivos da indústria doméstica frente aos estímulos de demanda vis-à-vis o vazamento de demanda para o exterior. A partir da matrizes insumo-produto, esta pesquisa propõe analisar a interdependência entre os setores econômicos e o impacto econômico de um choque de demanda na economia brasileira, para o período de 2000-2009, a partir de diferentes indicadores, cada qual sob um enfoque distinto. Dentre esses indicadores, estão: índices de Rasmussen-Hirschman; índices de campo de influência; multiplicadores de produção e de importação, que identificam, respectivamente, a interdependência entre cada setor e os demais da economia; os principais elos de ligação do processo produtivo; e os efeitos diretos e indiretos do estímulo de demanda de determinado setor, bem como seu vazamento para o exterior. Para averiguar se a estrutura de oferta doméstica foi capaz de assegurar que estímulos de demanda fossem traduzidos em produção doméstica, um indicador de vazamento de demanda setorial é construído. Este estudo corrobora a hipótese de que a indústria permanece como importante força motriz de crescimento econômico. No entanto, os resultados sugerem uma tendência de desadensamento da estrutura produtiva, que compromete a capacidade potencial do setor industrial de gerar dinamismo econômico a longo-prazo.


Palavras-chave


Economia; Economia Aplicada: Economia industrial

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v41i2.44631

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | BASECite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | OAJI | Open Air | Periódicos CAPES | REDIBROAD | Sherpa Romeo | Socol@r | Sumários | World Wide Science