ANÁLISE DE DECOMPOSIÇÃO ESTRUTURAL PARA A ECONOMIA BRASILEIRA ENTRE 1995 E 2009

Helena Loiola de Figueiredo, Maria Aparecida Silva Oliveira

Resumo


O objetivo deste artigo é investigar a dinâmica setorial da economia brasileira entre 1995 e 2009 utilizando a decomposição estrutural da matriz insumo-produto. Foram realizadas decomposições do emprego, valor adicionado e valor bruto da produção (VBP). O setor agropecuário apresentou, por um lado, redução no emprego, explicada pelo aumento da produtividade do trabalho, e, por outro crescimento no valor adicionado e no VBP puxado pelas exportações e consumo das famílias. O crescimento no setor industrial foi explicado pelo aumento da demanda final da economia, uma vez que a mudança tecnológica, principalmente a ocorrida no próprio setor industrial, reduziu esse crescimento. Houve um exponencial crescimento do setor de serviços no período, em âmbito do emprego, valor adicionado e VBP.

Palavras-chave


economia brasileira; decomposição estrutural; análise de insumo-produto

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5380/re.v41i2.44244

-----------------------------------------------------------

Revista de Economia
ISSN 0556-5782 | e-ISSN 2316-9397

Indexadores (Bases, diretórios e portais)
ARDI | BASECite Factor | Diadorim | Dimensions | ERIH PLUS | EZB | Genamics | Google Scholar | ISSNJournal 4-free | Latindex | LivRe | OAJI | Open Air | Periódicos CAPES | REDIBROAD | Sherpa Romeo | Socol@r | Sumários | World Wide Science